ANS suspende venda de 31 planos de saúde


Na terça-feira (04) a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu de forma temporária a comercialização de 31 planos de saúde de 12 operadoras em função de reclamações relacionadas a cobertura assistencial. A medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses, e segundo a Agência começa a valer nesta sexta-feira (08/06).


Como irá funcionar?

Cerca de 115,9 mil beneficiários ficarão protegidos – eles continuam a ter assistência regular a que têm direito, mas as operadoras só poderão voltar a vender esses planos para novos contratantes se comprovarem melhoria no atendimento.  


Reclamações

Entre janeiro e março de 2018, a ANS recebeu 15.655 reclamações de natureza assistencial através de seus canais de atendimento. Dessas, 13.999 foram consideradas para análise pelo Programa de Monitoramento. No período, 97% das queixas foram resolvidas pela mediação feita pela ANS via Notificação de Intermediação Preliminar (NIP), garantindo resposta ao problema desses consumidores.  


Avaliação

As operadoras são avaliadas a partir das reclamações registradas pelos beneficiários nos canais da ANS. Neste caso, foram consideradas as demandas (como negativas de cobertura e demora no atendimento) recebidas no 1º trimestre de 2018. 

Em paralelo à suspensão, houve a reativação de 33 planos de 16 operadoras, que a partir do dia 08/06, poderão ser comercializados novamente. 


Com informações da Agência Nacional de Saúde Suplementar

 

14 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

O antídoto é o SUS

Nada como a história para que o conhecimento e a experiência sejam testados, independentemente dos resultados.

As vantagens da Cannabis Medicinal

Dr. Pedro Antômio Pierro Neto >> 1) Há evidências científicas dos benefícios da cannabis para a saúde? O que, na sua opinião, impede a regula

Av. Dom Pedro II, 288 - Conjunto 31

Santo André - SP, CEP: 09080-000