Comissão de negociação faz novas reuniões com operadoras


Reprodução: Associação Paulista de Medicina

Nesta semana, a Comissão Estadual de Negociação com os planos de saúde, formada pela Associação Paulista de Medicina (APM) e membros do Cremesp, com apoio da Academia de Medicina de São Paulo, das sociedades de especialidades e das Regionais da Associação, reuniu-se com representantes das operadoras.


Na segunda-feira (11), o diretor de Defesa Profissional da APM, Marun David Cury recebeu Mauricio Messias, diretor de Seguridade da Economus, e José Luiz Lopes, gerente executivo da empresa; além de Renata Ferro David, gerente de gestão de Rede da SulAmérica. Já na quarta-feira (13), Marun Cury e Antonio Carlos Endrigo, diretor de TI da APM, se reuniram com Adilson Muri Cunha, coordenador de Gestão e Controle de Prestadores da Porto Seguro.


A comissão trabalha neste ano, com quatro reivindicações principais, que estão sendo apresentadas às operadoras de planos de saúde:

  • Correção de 12,70% nos valores de consultas e procedimentos médicos;

  • Recomposição dos honorários de procedimentos médicos, utilizando como base a “portificação” da Classificação Brasileira de Procedimentos Médicos (CBHPM) e proposta de um plano progressivo de reajuste;

  • Negociação prévia de qualquer formato de remuneração médica (DGR, pacotes, capitation, consulta global, entre outros) que seja diferente do atual pagamento por serviços prestados;

  • Estabelecimento de canal permanente de relacionamento e negociação com as entidades médicas.

A proposta de correção dos honorários é resultado de uma equação que envolve tanto a inflação (2,7%) – medida pelo IPCA – quanto uma recomposição real (10%). Outro ponto importante que integra a pauta de 2018 é o de novos modelos de remuneração médica – como os pacotes, o managed cared e o capitation, entre outros.


Fonte: Associação Paulista de Medicina

13 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

SindMédico DF lança cartilha sobre aposentadoria

O Sindicato dos Médicos do Distrito Federal lançou, em 28 de outubro, a cartilha “Aposentadoria – Conversão de tempo especial em comum para efeito de aposentadoria”. Disponível para download no site d

O antídoto é o SUS

Nada como a história para que o conhecimento e a experiência sejam testados, independentemente dos resultados.

Av. Dom Pedro II, 288 - Conjunto 31

Santo André - SP, CEP: 09080-000