Eleições 2020: veja quais são os pré-candidatos médicos no ABC

A representatividade da categoria no pleito de 2020 já ganha destaque na disputa majoritária e proporcional dos municípios da região


Em todo o mundo, a medicina tem sido protagonista no combate ao novo coronavírus. Um desafio tão grande como esse estimula a categoria médica a refletir sobre o seu papel na sociedade, desde a atuação na linha de frente até a sua real função como agente de transformação social. A representatividade política na medicina já ganha contornos de fortalecimento no Grande ABC. Prova disso são os desdobramentos locais que apontam a presença de pré-candidatos ao executivo ou legislativo que são médicos. Em Mauá, por exemplo, o DEM aposta no especialista em clínica médica e mestre em sistema de saúde Dr. Luiz Marcelo (Tchello) Pierro. ‘‘Os médicos podem se associar a um projeto de melhoria para a cidade. É como um sindicato: união para um bem comum’’, destaca o democrata. Já em São Caetano do Sul, o atual prefeito e médico, Dr. José Auricchio Júnior, tempera o seu projeto de reeleição. A investida tucana terá como mote a continuidade do modelo de gestão na saúde. Em São Bernardo do Campo, o Dr. Leandro Altrão avalia o convite do PSB para ser précandidato ao Paço. O ex-prefeito andreense, Aidan Ravin (Republicanos), dessa vez é pré-candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Ailton Lima (PSB). Mas não apenas os projetos eleitorais majoritários liderados por médicos se observam na conjuntura política do ABC. Professor universitário e médico de família e comunidade, o Dr. Renato Lemos buscará uma cadeira na câmara de Santo André. Entusiasta da cultura e do direito à moradia digna, ele acredita na expansão da cobertura da estratégia de saúde da família, além da valorização do profissional médico com melhores condições de trabalho e a criação de uma carreira específica para a classe.


* Recebemos informações apenas das assessorias dos médicos citados na matéria.

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

SindMédico DF lança cartilha sobre aposentadoria

O Sindicato dos Médicos do Distrito Federal lançou, em 28 de outubro, a cartilha “Aposentadoria – Conversão de tempo especial em comum para efeito de aposentadoria”. Disponível para download no site d

O antídoto é o SUS

Nada como a história para que o conhecimento e a experiência sejam testados, independentemente dos resultados.

Av. Dom Pedro II, 288 - Conjunto 31

Santo André - SP, CEP: 09080-000