Instituições médicas organizam programação do Encontro Nacional das Entidades Médicas


Nesta quarta-feira (7), a Federação Nacional dos Médicos (FENAM), representada pelo presidente e seu vice, Dr. Jorge Darze e Dr. Mario Vianna, respectivamente, e pelo secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Dr. Marlonei Santos, participaram da reunião Pró-Sus, na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM), em Brasília (DF). 

O objetivo do encontro foi definir os temas e discutir os detalhes da programação do próximo Encontro Nacional das Entidades Médicas (Enem). O grupo, também formado por integrantes do CFM, da Associação Médica Brasileira (AMB) e da Federação Médica Brasileira (FMB), definiu que o evento será realizado nos dias 29 e 30 de maio, na capital federal na sede da Associação Médica de Brasília (AMB). 

Entre outros temas, as entidades definiram ser importante ter a pauta central focada no mercado de trabalho, carreira de estado, remuneração e valorização no SUS, ensino médico no Brasil e Política Nacional de Atenção Básica.

Dr. Darze reforçou a questão do SUS, que para ele é um desafio. “O que temos que debater é a violação do estado democrático de direito, que versa sobre a prioridade de direito e de necessidade. Precisamos lutar pela realização de mais concurso e que os médicos lutem por seus direitos”, destacou. 

Para Dr. Mario Vianna, o tema da carreira médica de estado deve ser amplamente debatido.  “Todas as mazelas dos SUS são consequência justamente pela inexistência  desta carreira. O que vemos são profissionais contratados para uma função, e que estão sendo realocados para outras funções, o que caracteriza desvio de função. Isso precisa acabar”, desabafou.  

Dr. Marlonei e o presidente do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul, Flávio Freitas Barbosa, foram unanimes e enfatizaram ser necessário o engajamento da categoria, já nas escolas de medicina. “O jovem médico é um colega no fim do curso, pronto para entrar ao mercado, e que precisa de mais engajamento. Através do ENEM vamos abrir esses debates para sairmos com temas que levaremos a eles como agenda de luta”, disse Dr. Marlonei. 

O Coordenador da mesa, Dr. Donizetti Dimer Gimberardino, defende que o SUS deve ser representado como modelo universal de saúde, onde os médicos devem ser tratados com respeito para que ofertem um bom atendimento à população. Além disso, também  destacou a importância do Instituto Brasil de Medicina (IMB), que será o apoio da Frente Parlamentar da Medicina, para que as entidades sejam fortemente representadas dentro do Congresso Nacional . 

Sobre o ENEM

A última edição do ENEM aconteceu em agosto de 2013. A retomada de um dos maiores encontros de lideranças médicas do País é resultado da reunificação do movimento médico nacional, anunciada no fim do ano passado. A ideia é assegurar o respeito, a segurança e a valorização aos médicos que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS). A próxima reunião de alinhamento já está agendada para o próximo dia 27 de fevereiro. 


Fonte: FENAM com informações CFM.

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

O antídoto é o SUS

Nada como a história para que o conhecimento e a experiência sejam testados, independentemente dos resultados.

As vantagens da Cannabis Medicinal

Dr. Pedro Antômio Pierro Neto >> 1) Há evidências científicas dos benefícios da cannabis para a saúde? O que, na sua opinião, impede a regula

Av. Dom Pedro II, 288 - Conjunto 31

Santo André - SP, CEP: 09080-000